any day ...

Meu quarto está uma zona de coisas espalhadas. Eu olho por todo seu interior, e não sinto a menor vontade de ve-lo organizado. Nada está organizado, nem a minha vida. Meus penamentos... meus pensamentos estão embaralhados, como um ninho de rato. Hoje eu quis fexar minhas cortinas, ficar no escuro, escutar james yorkston e tentar sair um pouco desse mundo chato . E estou com uma vontade imensa de me embriagar, com o intuito de arrancar risadas em mim . Não gosto de café, não acho necessário tomar um café enquanto escrevo, mas um cigarro cairia bem . Não vou chorar, não há necessidade para isso. Eu não preciso de lágrimas, e sim, de força. Hoje eu acordei feliz,  e minutos depois, estava triste novamente. A vida é assim . Seria fácil abandonar o návio e sair pelas margens frias.. Mas eu não sou idiota, meu coração está apenas exposto, e eu continuarei tentando tapar os fluxos. Já fiquei acordada até altas horas da madrugada pequena .. Isso não é nada de mais para mim . A não ser por meus olhos que ficavam caidos, meu cabelo bagunçado, meu corpo pesado, e eu me jogava á esta cadeira, sem nada para fazer, sem vontade de fazer nada . é, muitos dias são assim... Muitas vezes sinto como se eu mesma interpelasse minhas palavras, e então eu prefiro me calar, fexar os olhos, não pensar, não reagir.

5 comentários:

  1. Alê disse...:

    Por vezes, essa bagunça, reflete nosso espírito,

  1. MOISÉS POETA disse...:

    A vida é aço ,lâmina pura .
    porém , com adiposidades poéticas ...

    Feliz em visita-la ,querida !

    Beijos ficam !

  1. Felipe Wagner disse...:

    Acredito que só organizamos a vida quando de fato achamos necessário ou quando entendemos que para viver é preciso organizar e não esquecer. Nisso aprendi a abstrair e colocar os problemas de acordo com o tempo. se posso resolver agora resolvo, se não posso, não resolvo.
    Resolvi aprender a resolver problemas e a aprender com os fatos.
    bjs
    Felipe Wagner

  1. Realmente, essa confusão de sentimentos consegue nos deixar deixar tão desorientados, a ponto de não sabermos o que está mais desarrumado, se é o quarto ou a vida. Porém, basta ter calma, que mais cedo ou mais tarde tudo se ajeita. ;)

  1. Leti disse...:

    Lorena, tens que escrever mais! Sempre gostei muito dos teus textos...
    Ao contrário do que escreveste, tenho vícios de organizar qualquer bagunça que vejo, me pego a limar freneticamente como se, caso as coisas todas da casa estejam limpas e organizadas, as coisas da alma também ficassem =/

Postar um comentário